Blog Widget by LinkWithin

Rir é correr o risco de parecer tolo.
Chorar é correr o risco de parecer sentimental.
Estender a mão é correr o risco de se envolver.
Expor seus sentimentos é correr o risco de mostrar seu verdadeiro eu.
Defender seus sonhos e ideias diante da multidão é correr o risco de perder as pessoas
Amar é correr o risco de não ser correspondido.
Viver é correr o risco de morrer.
Confiar é correr o risco de se decepcionar.
Tentar é correr o risco de fracassar.
Mas devemos correr os riscos, porque o maior perigo é não arriscar nada.
pessoas que não correm nenhum risco, não faz nada, não têm nada e não são nada.
Elas podem até evitar sofrimentos e desilusões, mas não conseguem nada, não sentem nada, não mudam, não crescem, não amam, não vivem.
Acorrentadas por suas atitudes, elas viram escravas, privam se de sua liberdade.
Somente a pessoa que corre riscos é livre!

2 comentários:

Leonor Cordeiro disse...

Querida Aninha,
Acabei de ler o seu bilhete no meu blog UMA INTERNET MAIS SEGURA PARA NOSSAS CRIANÇAS.
Vou colocar o nome do seu blog na lista dos participantes.
Aninha, que delícia de blog!Voltarei para visitar você outras vezes.
Pode dar palpites lá no MUNDO ENCANTADO DE CECÍLIA MEIRELES. Estou totalmente aberta para críticas e sugestões.
Você vai participar do amigo secreto do Blogs Educativos? É muito divertido. Vou organizar uma viagem maluquinha pela América Latina.Você não pode perder ...rsrs
Mil beijinhos!
Com carinho,
Leonor Cordeiro

Pedagoga Tatiana disse...

Ola!
Adorei seu espaço.
Está lindinho, parabéns!
Estarei esperando sua visita ao meu blog.
Ahhh... te add nos meus favoritos.
Um forte abraço.
Taty

 
Letrinhas e Companhia©2007 Elke di Barros / Modificado por Aninha